Universidade norte-americana desenvolve concreto que evita formação de poça de água

i492853[1]

A Universidade de Wisconsin-Milwaukee, nos Estados Unidos, desenvolveu recentemente um tipo de concreto que pode durar até 120 anos e que, ao ser usado na pavimentação, impede o acúmulo de poças d’água. O material foi produzido com a utilização do Compósito Cimentício Super-hidrofóbico (SECC, na sigla em inglês), que contém fibras cobertas por uma emulsão que repele líquido.

As pesquisas, iniciadas há duas décadas, resultaram na produção de uma fibra de álcool polivinílico que permite que o concreto seja flexionado sem se partir. A estrutura, que poderia ser utilizada na pavimentação de estacionamentos e vias, possui bolsões de ar internos menores e mais espaçados entre si, o que viabiliza que a água seja repelida do material.

Em formato piloto, o novo produto foi aplicado no estacionamento da universidade e submetido a testes de resistência com nano tubos de carbono e 100 eletrodos introduzidos na estrutura.

Por causa de críticas relacionadas aos riscos de se pavimentar vias com concreto repelente e acumular água nos bueiros e esgotos, os pesquisadores da universidade apostam no uso do material em obras de pontes.